Sábado, 26 de Maio de 2007

Se amar é...

 

Se amar é...

Percorrer em sonhos,

Praias desertas e caminhos de terra,

Olhar as estrelas,

Dando-lhes o teu nome.

Deitar-me na lua,

Atravessar oceanos,

Sorrir,

Chorar,

Emocionar-me.

Então, amo-te.

Se amar é:

Dizer vezes sem conta o teu nome,

Suspirar,

Olhar os lugares cheios de ti,

Mesmo sem estares

Mergulhar na noite,,

Nas utopias,

Adivinhar o teu corpo,

Possuir a alma,

Entregar o coração.

Então amo-te!

Se amar é, sonhar palavras,

Ternuras interditas,

Porque a distância nos separa.

Mas guardando-as todas,

Para o reencontro.

Então amo-te

Se amar é:

Olhar-te e ver-te,

Despir-te, desnudar-te,

Encontrar-me em ti,

Em transes de entregas,

De corpos cheirando ao outro.

ENTÃO AMO-TE.

Autor: LetrasAoAcaso

publicado por cantinho-lip às 12:47

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Terça-feira, 22 de Maio de 2007

Terra prometida

 

Poder dormir

Poder morar

Poder sair

Poder chegar

Poder viver

Bem devagar

E depois de partir poder voltar

E dizer: este aqui é o meu lugar

E poder assistir ao entardecer

E saber que vai ver o sol raiar

E ter amor e dar amor

E receber amor até não poder mais

E sem querer nenhum poder

Poder viver feliz pra se morrer em paz.

Autoria: Viniciús de Moraes

sinto-me:
publicado por cantinho-lip às 13:08

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 4 de Maio de 2007

Passeando em...

 

 

Eram tantas as sombras que nem me atrevi olhá-las,

limitei-me a passar a mão pela mesa em que lancháva-mos,

e as lembranças brotaram, e meus olhos humedeceram.

Os rúidos do mar continuam lá,

pareceu-me que em segredo...sussurrando,

falaram-me de ti, do teu perfume, do teu riso.

Passaste por aqui á dias, passeando, de olhar vivo

Indagando...

Olhei para o chão, procurando as marcas do teu passar,

olhei o mar, na esperança de respostas,

de cabeça erguida cheirei o ar, o teu perfume,

e na minha cabeça ele estava lá...tú não...

E as sombras são tantas, continuam lá!

E não me atrevo alhá-las...

Posso ver-tee assustar-me...

Estender as mãos e não tocar-te,

passar os dedos pelo teu cabelo ondulado e molhado,

fazer beicinho para te beijar, e nada sentir,

dar um passo em frente para te abraçar,

E ver-me só!

Só com as sombras de nós,

que continuam lá,

e não me atrevo olhá-las!...

Autoria- Carlos Reis

 

publicado por cantinho-lip às 16:53

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.mais sobre mim

.Janeiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31

.posts recentes

. ...

. Amor simplesmente!!

. Uma pequena quadra

. ...

. Navegando nas Emoções

. Madonna-4 Minutes

. O tempo

. Amigo

. Timbaland ft. One Republi...

. As mais lindas mensagens

.arquivos

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Janeiro 2010

. Março 2009

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

.Links amigos

 

Blogs

De Amigos


codebase="http://download.macromedia.com/pub/shockwave/cabs/flash/swflash.cab#version=7,0,19,0" width="150" height="150">
visitas